Notícias UNETRI

ProUni

UNETRI PASSA A OFERECER BOLSAS PELO SISTEMA PROUNI, A PARTIR DE 2020

Acadêmicos interessados deverão fazer a inscrição a partir do ano que vem, normalmente depois da divulgação das notas do Enem e do SISU

 

Foto: Imagem ilustrativa (reprodução: https://guiadoestudante.abril.com.br/)

 

A Unetri Faculdades, de Barracão, recebeu, nesta semana, a confirmação de que está apta a oferecer bolsas de estudo através do Sistema ProUni.

O processo de inscrições, para as Instituições que ainda não faziam parte do ProUni, encerrou em 14 de novembro, e a Unetri cumpriu todos as exigências.

Desta forma, recebeu, do Ministério da Educação – MEC, nesta semana, a sua adesão ao sistema, o que permitirá, à Unetri, oferecer bolsas, através do ProUni, a partir do ano que vem.

Os acadêmicos interessados poderão fazer sua inscrição através do link (https://prouni2020.org/).

A abertura das inscrições será somente no ano que vem, normalmente depois da divulgação das notas do Enem e do Sistema de Seleção Unificada – SISU (sistema para as universidades federais).

“Após isso, o sistema ProUni é aberto”, explicou o diretor de ensino da Unetri, professor Jonas Grejianin Pagno.

É importante destacar que os acadêmicos interessados dever fazer a inscrição, após o período aberto, no ano que vem, e marcar a Unetri como opção e o respectivo curso.

A Unetri estará informando quando o período de inscrições for aberto.

Segundo ressaltou Jonas, esse foi mais passo importante para a Unetri, pois nos dois primeiros anos a instituição ainda não tinha os requisitos necessários para fazer a inscrição no ProUni.

“Em 2019 fizemos o censo escolar e, a partir dos requisitos cumpridos, fomos gabaritados a participar do ProUni”, salientou o diretor

Jonas destacou que esta é mais uma opção de bolsa de estudo que a Unetri oferece a seus acadêmicos.

 

ProUni

Basicamente o ProUni consiste em substituir o recolhimento de tributos federais pela concessão de bolsas de estudos integrais ou parciais aos acadêmicos.

Compartilhe esta notícia: