Notícias UNETRI

Contexto

APENAS 2% DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ENSINO MÉDIO OFERECEM CONDIÇÕES SATISFATÓRIAS DE APRENDIZADO, DIZ ESTUDO

Pesquisa aponta que das 5.042 instituições que atendem a alunos de baixa renda, apenas 100 foram aprovadas por indicadores de qualidade

 

Fonte: Por Jornal Nacional / G1 / Globo.com

Foto: Imagem Ilustrativa (reprodução: globo.com)

 

Em todo o território nacional, somente 2% das escolas públicas de ensino médio oferecem as condições necessárias para um aprendizado satisfatório.

Este é o resultado de um levantamento feito com as instituições que atendem a alunos de baixa renda, divulgado na quinta-feira, 26 de setembro.

Entre as 5.042 unidades de ensino, que atendem a alunos cuja renda familiar é de até três salários mínimo, apenas 100 apresentaram resultados satisfatórios.

O estudo, "Excelência com Equidade no Ensino Médio: a dificuldade das redes para dar um suporte efetivo às escolas", da Fundação Lemman, Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede), e Instituto Unibanco, destacou que entre as melhores escolas deste grupo, 82% são de período integral.

O estado do Ceará se destacou entre as escolas com melhor desempenho no estudo.

Com 55 instituições, o Ceará ficou à frente do Espírito Santo (14), Goiás (7) e Pernambuco (7).

Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo não se destacaram e tiveram cada um, no máximo, três escolas entre as mais bem avaliadas.

Segundo os pesquisadores, as boas práticas que o levantamento constatou são casos ainda isolados e dependem de professores e diretores capazes de fazer a diferença.


Compartilhe esta notícia: