Notícias UNETRI

Formação

AVALIAÇÃO DO INTERCÂMBIO ENTRE UNETRI E INSTITUTO DE FORMACION DOCENTE N 12 É POSITIVA

Projeto envolve professores e acadêmicos da Unetri Faculdades e do Instituto de Formacion Docente N 12 - ISFD, de Bernardo de Irigoyen
  
A Unetri Faculdades, de Barracão e o Instituto de Formacion Docente N 12 - ISFD, de Bernardo de Irigoyen, realizaram, na segunda-feira, 26 de agosto e na terça-feira, 27 de agosto, a primeira etapa do projeto de Intercâmbio Internacional do Curso de Pedagogia, em parceria entre as duas instituições.
O primeiro encontro aconteceu no campus da Unetri, em Barracão, no dia 26, e o segundo encontro aconteceu na noite desta terça-feira, 27 de agosto, na sede do Instituto de Formacion Docente N 12, em Bernardo de Irigoyen.
 
Avaliação
A professora do Instituto, Laura Biale Natalia y Rojo, ressaltou que como professora está satisfeita com o resultado positivo, pois realmente o intercâmbio foi uma experiência enriquecedora e gratificante.
“Conseguimos cumprir os objetivos propostos no projeto, de analisar e refletir sobre a bibliografia compartilhada entre duas instituições de ensino de diferentes países. Podemos concluir que compartilhamos as mesmas preocupações e esperanças sobre nossos sistemas educacionais. Isso para nós é o começo de muitas ações, que esperamos compartilhar com a comunidade Unetri”, afirmou Laura.
O aluno do Instituto, Pedro Schrenk, afirmou que foi uma experiência nova, interessante e produtiva.
“Estávamos diretamente envolvidos no assunto e, com isso, fomos ativos e participativos. Ou seja, o intercâmbio nos levou a um conhecimento experimental das realidades dos dois sistemas educacionais, que têm certo grau de similaridade. É importante conhecer outras formas de pensar e outras posições pedagógicas, sempre enfatizando o bem maior que é a educação. Isso é gratificante”.
Ezequiel da Veiga, também aluno do Instituto, ressaltou que a experiência foi muito enriquecedora.
“Tivemos o privilégio de conhecer o modelo educacional de nossos irmãos brasileiros e saber que todos temos a mesma visão. Quanto mais projetamos melhorias para a educação, mais somos capazes de construir um futuro melhor”.
A aluna do ISFD, Ângela Kuast, afirmou que a troca de experiências foi positiva, pois permitiu interpretar um contexto educacional diferente.
“Em nossa realidade, nem todos têm as mesmas possibilidades de estudar e é fundamental valorizar nosso sistema de ensino público, gratuito e de boa qualidade. Pensando em termos de futuro, é importante podermos realizar projetos de integração e de troca de treinamentos”.
Para o aluno argentino, Cesar Moreira, foi uma experiência muito produtiva, porque além de conhecer o sistema educacional de outra nação, foi possível aprender um pouco mais sobre o próprio sistema.
“Percebemos as semelhanças e diferenças dos sistemas e a importância da educação para ambos. Em termos de futuro, acredito que ampliar o intercâmbio seria uma boa forma de trabalho, tratando sobre como é realizada a atividade de ensino e aprendendo novas práticas”.
A acadêmica da Unetri, Alessandra Gabrieli Duarte da Silva Rodrigues, citou que através deste projeto de intercâmbio foram compartilhados diversos tipos de conhecimentos e experiências.
“Para nós, do Curso de Licenciatura em Pedagogia, da Unetri Faculdades foi uma imensa satisfação participarmos deste intercâmbio e, com certeza, estaremos prontos para um futuro encontro internacional pedagógico”.
A coordenadora do curso de Pedagogia da Unetri Faculdades, professora Elizandra Fiorin Soares, destacou que o projeto de intercâmbio oportunizou aos acadêmicos da Unetri e do Instituto de Formacion Docente N 12, uma integração significativa e a oportunidade de troca de conhecimentos.
“Tivemos a oportunidade de conhecer mais sobre o funcionamento das formações e, ao mesmo tempo, aprofundar sobre teóricos do Brasil e da Argentina”, afirmou.
 
Programação
A oficina da segunda-feira, na Unetri, teve apresentação do sistema de ensino brasileiro; rodada de perguntas; trabalhos em grupos, a partir de um texto previamente enviado aos participantes, com questões orientadoras para a discussão nos grupos; grupos, a partir dos debates e sistematização dos resultados das discussões.
Na terça-feira, 27 de agosto, na Escuela Normal 12, teve uma explanação do sistema educativo argentino; rodada de perguntas; trabalhos em grupo sobre a explanação; plenária sobre as resoluções dos casos apresentados; exposição teórica sobre a literatura de Ivan Illich; plenária reflexiva sobre a visão internacional dos sistemas de educação e escolas; atividade em grupos, com técnica de colagem sobre a "Sensação do Sistema Educativo"; plenária sobre as produções de colagem.
“Essa é a primeira etapa de um projeto amplo, cujas etapas posteriores ainda serão pensadas e organizadas”, concluiu a professora Elizandra.

Compartilhe esta notícia: