Notícias UNETRI

Vestibular

FUVEST: COM 115 CANDIDATOS POR VAGA, MEDICINA É CURSO MAIS CONCORRIDO

127.786 candidatos tentarão uma vaga na USP, via Fuvest

 

Fonte: veja.abril.com.br/educacao

Foto: Vista parcial da cidade universitária da USP, na cidade de São Paulo (crédito: www1.folha.uol.com.br/educacao)

A Fuvest, um dos mais concorridos e principais vestibulares do Brasil, divulgou os locais onde serão aplicadas as provas da primeira fase do vestibular da Universidade de São Paulo (USP).

A primeira fase da Fuvest acontece no dia 25 de novembro.

Os portões abrem às 12h30 e fecham às 13 horas (horário de Brasília).

A prova terá 5 horas de duração

Os estudantes podem conferir seu local de prova na sessão “Área do Candidato” no site da instituição.

A instituição publicou, também, a relação entre candidatos e vagas para 2019.

Os cursos de Medicina em São Paulo, Ribeirão Preto e Bauru, continuam sendo os mais concorridos.

Em seguida, aparecem os cursos de Relações Internacionais, Psicologia e Audiovisual.

 

Confira as quinze carreiras mais concorridas

Medicina, 115,2 candidatos por vaga

Medicina (Ribeirão Preto), 108,7 candidatos por vaga

Medicina (Bauru), 86,9 candidatos por vaga

Psicologia, 61,8 candidatos por vaga

Relações Internacionais, 51,5 candidatos por vaga

Curso Superior do Audiovisual, 47,2 candidatos por vaga

Medicina Veterinária, 41,8 candidatos por vaga

Psicologia (Ribeirão Preto), 41,1 candidatos por vaga

Design, 32,4 candidatos por vaga

Ciências Biomédicas, 32,4 candidatos por vaga

Publicidade e Propaganda, 29,6 candidatos por vaga

Jornalismo, 25,8 candidatos por vaga

Arquitetura (FAU), 27,6 candidatos por vaga

Artes Visuais, 27,4 candidatos por vaga

Direito, 25,8 candidatos por vaga.

 

Ao todo, 127.786 pessoas tentarão entrar na USP, via Fuvest em 2019.

Dentre eles, 11.429 são treineiros.

A USP disponibilizou 8.362 vagas, distribuídas em 183 cursos de graduação.

Outras 2.785 vagas são oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada - Sisu, do Ministério da Educação - MEC, que utiliza as notas do Enem.

Compartilhe esta notícia: