Notícias UNETRI

Oficialização

UNETRI É AUTORIZADA PELO MEC A FUNCIONAR E PRIMEIRO VESTIBULAR SERÁ ATÉ O FINAL DO ANO

O anúncio oficial da autorização de funcionamento da UNETRI foi feito Na manhã de 18 de agosto, na sede da instituição, quando também foi anunciado o primeiro vestibular da UNETRI, para o final deste ano

 

CONTEXTO

A UNETRI Faculdades, mantida pela União de Ensino da Tri Fronteira – UNETRI, foi criada no ano 2014, com a proposta de suprir uma lacuna que a tri fronteira tinha, quanto à oferta de ensino superior e de capacitação de pessoas para o mercado de trabalho, além de ser uma grande ferramenta de geração de desenvolvimento econômico, social, cultural e de conhecimento.

Após cumprir todas as exigências do Ministério da Educação – MEC, tanto pedagógicas, quando de estrutura física, de laboratórios, de viabilidade financeira e administrativa, entre outras exigências, a UNETRI passou por quatro vistorias do MEC, sendo aprovada com nota 4, em uma escala de 0 a 5, ainda em meados de 2016, sendo então inaugurada no mesmo ano.

De lá para cá, bastava apenas a assinatura da Portaria da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, pelo Ministro da Educação, autorizando o funcionamento da UNETRI, e sua publicação no Diário Oficial, o que era aguardado para o final de 2016, mas acabou não acontecendo.

A direção da UNETRI buscou, então, junto ao Consórcio Intermunicipal da Fronteira – CIF, apoio político, através da representatividade dos gestores públicos para acompanhar os trâmites do projeto em Brasília.

Recentemente, o diretor geral da UNETRI, Cleo Petroli, o sócio proprietário, Rogério Benini, e o vice-prefeito de Bom Jesus do Sul, Paulo Deola, com apoio das administrações municipais que integram o CIF, e de deputados e senadores ligados a elas, cumpriram uma agenda de visitas, em Brasília, em órgãos do Governo Federal, com o objetivo de acompanhar os procedimentos junto ao MEC, e agilizar a assinatura e a publicação da portaria autorizando a UNETRI a funcionar.

Paulo Deola e o deputado federal Fernando Giacobo foram decisivos no acompanhamento do processo e na tarde de 17 de agosto, a portaria foi então assinada, pelo Ministro da Educação, Mendonça Filho, ficando assim a UNETRI autorizada a funcionar.

 

PRESENÇA

Na manhã de 18 de agosto, na sede da UNETRI, com a presença dos sócios proprietários, professores, lideranças dos três municípios, representantes de entidades, empresários e imprensa, aconteceu o anúncio oficial da autorização de funcionamento e da realização do primeiro vestibular para o final deste ano.

Participaram do ato, o diretor geral da UNETRI, Cléo Luiz Petroli; os sócios proprietários, Cleyton Adriano Moresco, Jonas Grejianin Pagno, Juvaní Cecília Zimmermann Pivatto, Paulo César Gnoatto, Tarcísio Antonio Sartori e Volmir Salvi. Os sócios Allan Edgard Kreutz, Carlos Vanderley Porfírio e Rogério Benini estavam ausentes, em função de viagem.

Participaram ainda, os prefeitos Marco Aurélio Zandoná, de Barracão; Cezar Bueno, de Bom Jesus do Sul e presidente do CIF; e Thyago Gnoatto Gonçalves, de Dionísio Cerqueira; os vice-prefeitos, Erondí Faé, de Barracão; Bianca Maran Bertamoni, de Dionísio Cerqueira; e Paulo Deola, de Bom Jesus do Sul; integrantes do Projeto Fronteiras Cooperativas; Gestora do Sebrae/PR, Regional Sul, Maria Áuria Mülhmann; empresários; professores; lideranças e imprensa.

 

PRONUNCIAMENTOS

Thyago Gnoatto Gonçalves parabenizou a ousadia do grupo de empresários e a determinação em investir em um setor que gera conhecimento e capacitação, fatores preponderantes para o desenvolvimento.

“São empresários daqui da tri fronteira que estão investindo aqui, que tiveram essa determinação e contaram com o apoio das administrações, através do Consórcio Intermunicipal da Fronteira – CIF. Hoje é um dia histórico e a UNETRI será um grande empreendimento regional à serviço da educação qualificada e do desenvolvimento”, afirmou o prefeito Thyago.

 

Cezar Bueno Destacou três momentos importantes em todo esse caminho: a visão de futuro dos empresários que investiram no ensino de terceiro grau na tri fronteira, a parceria com a administração de Barracão, que doou o área para a construção do empreendimento, e a articulação das administrações do CIF e a representatividade em Brasília, através de Paulo Deola, para agilizar o processo.

“Hoje temos a confirmação oficial dessa atuação, um momento histórico para a tri fronteira e a comunidade regional esperava essa resposta”, destacou o prefeito Cezar.

 

Maro Aurélio Zandoná citou a decisão da administração, aprovada pelos Câmara de Vereadores, ainda na gestão passada, em doar a área, de 30 mil metros quadrados, para a construção da UNETRI.

“Hoje compartilhamos essa conquista com o povo de Barracão, pois essa área pertencia à população barraconense. Desde o primeiro momento do processo da UNETRI nos propusemos a ser parceiros e ao município sediar o empreendimento. Enaltecemos a todos os evolvidos, aos empresários, que tiveram a visão de grandeza para investir na tri fronteira. Investir em conhecimento e a capacitação é o melhor investimento para gerar desenvolvimento”, ressaltou o prefeito Zandoná.

 

Paulo Deola destacou a visão de futuro dos empresários, que tomaram a decisão e fizeram o empreendimento acontecer. Também destacou a parceria com as administrações e com o CIF, que assumiu o compromisso de ser interlocutor da UNETRI em Brasília.

“É uma soma de fatores que viabilizou o empreendimento, desde a decisão dos empresários, a doação da área pela administração de Barracão, o acompanhamento em Brasília para agilizar o processo, o apoio decisivo de deputado Giacobo junto ao Ministério da Educação, culminando na assinatura da autorização de funcionamento e na volta do ensino superior para a tri fronteira que é uma grande oportunidade de desenvolvimento da nossa região”, disse Paulo Deola.

 

Cléo Petroli afirmou que a UNETRI vive um momento especial, de uma história que iniciou em dezembro de 2014, e agradeceu a todos que até aqui dedicaram empenho, trabalho e planejamento, em cada momento fundamental vivenciado até hoje, levando a UNETRI a ser aprovada com louvor pelo MEC.

“O desafio, agora, tanto da direção administrativa, quanto da direção acadêmica e equipe pedagógica, é mantar essa qualidade, para termos uma instituição de ensino superior de alto nível”.

Cléo afirmou que o investimento é particular, de um grupo de empresários, mas a visão é pública, de desenvolvimento regional.

“Não priorizamos o retorno financeiro, mas sim o desenvolvimento cultural, econômico e social, a formação de pessoas para o mercado de trabalho e a sustentabilidade da instituição. O retorno financeiro é uma consequência, pois investimos aqui e criamos uma faculdade de qualidade, dando respostas positivas para a nossa sociedade”, enfatizou Cléo Petroli.

 

VESTIBULAR

O diretor geral da UNETRI anunciou, também, que dentro de 30 dias o primeiro vestibular da instituição será oficialmente anunciado, devendo acontecer em novembro ou dezembro deste ano.

Encerrando a solenidade, a sócia proprietária, Juvani Pivatto, leu a Portaria 1.001, de 17 de agosto de 2017, assinada pelo Ministro da Educação, Mendonça Filho, publicada no Diário Oficial da União nº 159, de 18 de agosto de 2017, na seção 1, página 20, autorizando o funcionamento da UNETRI.

Compartilhe esta notícia: